Pular para o conteúdo principal

Clínica Trufino

Fotos de Pré e Pós operatório

A Imagem tem muita importância para a Cirurgia Plástica. É impossível pensar nesta especialidade e não lembrar das fotos de pré e pós operatório.


Todos os pacientes que serão submetidos a um procedimento estético ou a uma cirurgia precisam tirar as fotos. Ao contrário do que muitos pensam, estas fotos não são para publicidade. Elas são fotos técnicas e tem função científica.


Eu uso estas fotos para planejar o procedimento ou a cirurgia. Estudo cuidadosamente cada paciente para poder definir qual a melhor estratégia de tratamento para cada um. Eu tenho o hábito de fazer marcações e desenhos em cima das fotos, isto me ajuda no planejamento e também na execução das cirurgias. Reviso um dia antes da cirurgia todos os passos cirúrgicos mentalmente enquanto analiso as fotos. É um treinamento e uma simulação que me deixa mais preparado para conseguir os melhores resultados possíveis para cada paciente. É como se eu decorasse um mapa antes de sair para uma viagem.


Durante a realização da cirurgia o paciente fica deitado e podemos perder alguns pontos de referência. Por isso as fotos são fixadas na sala de operação com minhas marcações e desenhos servindo como um GPS e instrumentos de voo de um avião. O Plano Cirúrgico também é afixado à parede e serve de check list para que tudo corra perfeitamente.


Depois da cirurgia costumamos repetir as fotos com 3 meses, que é o tempo para que os resultados estéticos comecem a aparecer, e depois repetimos com 1 ano, tempo de acomodação dos tecidos e quando o resultado final pode ser visto.


Os pacientes adoram ver as suas fotos de pré e pós operatório, é um momento de alegria, diversão e satisfação para eles e para mim.  Pelas fotos conseguimos visualizar o ganho que eles tiveram. Mas além desta conotação lúdica as fotos de pós operatório tem uma função na busca pela excelência. Através delas eu posso avaliar meus resultados e observar os efeitos de cada ato que tomei na cirurgia. O acompanhamento da evolução de cada paciente e de todos os meus casos ao longo do tempo me estimulam a progredir e a querer melhorar cada vez mais. Em medicina não existe verdade definitiva, estamos em constante evolução. 


As fotos também tem a função de ensino e pesquisa. Eu gosto muito de pesquisa científica e participo ativamente de congressos nacionais e internacionais. As fotos de pré e pós e as fotos do ato operatório são utilizadas em discussões científicas que levam ao crescimento da cirurgia plástica. Eu publico frequentemente trabalhos científicos e livros e estas imagens são indispensáveis para ilustrar estes materiais e tornar o ensino médico mais fácil e prazeroso. 


Todas as fotos utilizadas para fins científicos, mesmo que não mostrem o rosto dos pacientes, obrigatoriamente precisam ser previamente autorizada por escrito e assinado por cada um deles.


É expressamente proibido pelo Conselho Federal de Medicina e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica mostrar as fotos de um paciente para outro, mesmo dentro do consultório e é passível de punição a exibição da imagem das pessoas com finalidade de publicidade, seja pela internet, jornais ou revistas leigas. Isto esta publicado no Diário Oficial da União na data de 14 de Julho de 2011 na Resolução do CFM nº 1974 artigo 3º, item "g".


Muitas pessoas pedem para ver fotos de outras pacientes já operadas. Além de ser proibido, é deselegante e não é conveniente porque cada pessoa é única e nunca um resultado fica igual ao outro. Além disto, vemos em países onde isto é permitido que os médicos usam photoshop, maquiagem e técnicas de iluminação nas fotos do pós para criar resultados enganosos. Já houve relatos de médicos que mostravam cirurgias de outros médicos como sendo deles.


Como você percebeu as fotos de pré e pós operatório tem muitas funções. Elas são divertidas, nos alegram e estimulam mas a sua principal utilidade é realmente a científica.


Fiquem tranquilos quando vierem tirar suas fotos porque elas são sigilosas, não serão mostradas para ninguém e caso eu precise utiliza-las para fins de congresso ou publicação científica eu pedirei previamente sua autorização para isto.